• White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Pinterest Icon
  • White YouTube Icon

© 2017 by Duxi Studio. Proudly created with Wix.com

Enxoval de Bebê inteligente e sem desperdício

05.02.2018

 

 

Recentemente, fiz um post dando dicas valiosas para fazer o Enxoval do Bebê, (se você ainda não leu, clique aqui) e hoje vou dar mais algumas dicas para que você evite o desperdício por conta das famosas "compras por impulso". 

 

Quando nos deparamos com o positivo, uma onde de emoções e sentimento vem a tona. Mas o que acho mais engraçado e que provavelmente é unanime é: 1- olhar no espelho para procurar a barriga e 2- começar a pesquisar freneticamente pelos itens do enxoval. 

 

Queremos dar sempre o melhor para os nossos filhos e palpites de pessoas mais experientes e também sem experiencia alguma não vão faltar porém se tem algo que sempre digo e que para mim é fundamental nesse momento é: identifique as suas reais necessidades porque geralmente elas são bem diferentes das dos outros. 

 

É muito importante avaliarmos a nossa rotina, nosso orçamento, caso você trabalhe fora de casa, qual o período que terá de licença? Com quem o bebê vai ficar? Vai pra escola, ficará com a babá ou com algum familiar ou a sua empresa possui berçário? Entre tantas outras coisas que perguntamos para as mamães na entrevista pré-enxoval.

 

Porém, como esse post é para ajudar vocês independente de vender ou não o meu serviço, vou citar abaixo alguns itens que acabamos investindo, que são caros e que muitas vezes nem chegamos a usar. (falo isso pela minha experiencia mas como disse acima isso não é uma regra e depende única e exclusivamente das necessidades de casa um). 

 

1- Saída de Maternidade

No Brasil é muito comum que as mães levem para a maternidade roupinhas maravilhosas de lã, bordadas, com golas  e apliques que custam uma fortuna. Mas gente, pensem comigo, seu bebê acabou de sair do forninho, deve pesar por volta de uns 3kg (as vezes mais e as vezes menos) e mede apenas 50cm aproximadamente. Ficaram 9 meses dentro da sua barriga protegidos e do nada quando saem, não conseguem nem se movimentar direito porque colocaram nele uma roupinha que além de tirar totalmente a mobilidade, muitas vezes pesa mais do que o próprio bebe. Vocês acham isso legal? Porque eu nao acho! ok, entendo que existe a superstição com as cores, mas é perfeitamente possível colocar um macacaozinho de algodão ou plush ou até mesmo um body e um mijão deixando o bebê mais confortável e lindo também! Já para as mamães, vocês precisam de praticidade nesse momento, você e o bebê estão conhecendo um novo mundo juntos e deixar com que as coisas fluam de maneira tranquila é a melhor coisa. 

 

 

2- Atenção aos tecidos

O melhor tecido para recém-nascidos é o 100% algodão inclusive hoje já existem varias marcas que possuem linhas não so de roupinhas mas também de cama e banho feitos em algodão orgânico para bebês. Roupinhas com tecidos sintéticos como poliéster, por exemplo, devem ser evitadas já que retém calor e podem causar assaduras e alergias nos bebês.

 

 

3- Invista em macacões ou tiptops

Como ja disse acima, bebês, principalmente até os 6 meses precisam de CONFORTO. Obviamente que nós achamos lindo ver um bebê todo estilozinho e acho isso até que valido se for uma situação realmente especial. Mas para o dia-a-dia, para passear na praia ou na cidade e principalmente para ficar em casa, macacões e tiptops são o melhor investimento. Além de não custarem uma fortuna (aqui nos EUA então, são uma pexinxa) deixam o bebê confortável e arrumadinho também já que temos opções super lindas hoje no mercado. Atente-se também aos detalhes: de preferencia a peças que fechem com zíper frontal ou botão de pressão que são mais praticas e podem facilitar principalmente a troca de fraldas e descartem peças de botão que além e perigosas (vai que um botão cai e o bebê pega e você não ve?) dão um super trabalho para abrir e fechar.

 

 

4- Bodys e calças de algodão.

Geralmente esses 2 itens são usados juntos e acredito que o body é uma das peças que mais utilizamos em bebes. Alem de super pratico e confortáveis eles também podem ser usados por baixo dos macacões quando estiver mais friozinho para ajudar a esquentar. Também podem ser usados como camiseta até mais ou menos os 2 anos de idade já que hoje existem no mercado diversas opções lindas com os botõezinhos embaixo. 

 

 

5- Tenis ou Meias

1000x meias. Repito novamente que bebes precisam de conforto. Eu investi 100% em meias, os sapatinhos do meu filho foram apenas aqueles que ganhei de presente. Ja perdi as contas das vezes em que avisei pais e mães na rua que o sapatinho do bebe tinha caído. Eles não gostam e não precisam até porque eles ainda não caminham! Inclusive, ja li pesquisas de que quando o bebe começa a andar, é muito importante que em casa ele o faça descalço pois isso ajuda a refinar o tato e ativer neurotransmissores presentes nos pezinhos. 

 

 

6- Luvas

é recomendável usar apenas no primeiro mês de vida do bebe para evitar que ele se arranhe com as unhas. 3 a 4 pares são mais do que suficientes das luvinhas como essa da foto, sem qualquer divisão para os dedinhos. Como dentro da barriga eles brincam muito com as mãos, principalmente no rosto, usar luva o tempo todo seria priva-los de sentir o toque das mãozinhas no seu rosto que eles estão tão acostumados.

 

 7- Mamadeira e chupeta

Ja vi milhares de listas que falam que o bebe precisa ter pelo menos 3 mamadeiras para cada fase. Caso você não saiba, os bicos de mamadeira da maioria das marcas hoje em dia é feito de acordo com a idade do bebê por exemplo: bico 1 para o primeiro mês, bico 2 até 3 meses e por ai vai... Minha dica: se você vai fazer seu enxoval no Brasil e pretende amamentar seu filho, compre no máximo 1 mamadeira ou se preferir deixe para comprar se e quando for realmente necessário. Se for fazer o enxoval no exterior, traga umas 2 mamadeiras para esse inicio e 1 bico para cada fase. Não tragam 12 mamadeiras como muitas vezes sugerem porque alem de ser um investimento super alto, muitas vezes o bebe nao se adapta a determinada marca ou simplesmente nao pega a mamadeira de jeito nenhum. O mesmo vale para as chupetas!

 

 

8- Preste atenção nas Banheiras

Hoje temos milhares de opções de bandeirinhas no mercado e diversos acessórios disponíveis como redinhas e almofadas para acomodar melhor o bebe. Porem antes de fazer essa escolha, é muito importante que você tenha em mente aonde vai querer dar banho no bebe. Hoje em dia as banheiras com suporte tem perdido espaço para as banheiras de chão/pia sendo que muitas delas simplesmente não cabem no suporte de banheira caso você opte por compra-lo separadamente depois. Vejo também muitas mamães dando banho no bebe no próprio quarto. Mas vocês ja pararam para pensar no peso que é levar uma banheira cheia de agua para o quarto? Ou então, quantas vezes precisara ir e voltar ao banheiro caso queira enche-la aos poucos? E se você optar por coloca-la em cima da pia, ja analisou se a sua pia e grande o suficiente para acomodar a banheira com segurança? Nem considero a opção de colocar a banheira no chão já que acabaria com a sua coluna. Mas esses são apenas alguns pontos que acho importante levantar para ajuda-la na decisão e evitar desperdício ja que muitas mamães acabam precisando comprar uma nova banheira depois por não terem se atentado a alguns detalhes.

 

Espero que as dicas tenham ajudado. Em breve, escreverei um novo post com mais dicas para vocês! 

 

Caso tenha alguma duvida ou sugestão, envie um email para nossoconcierge@gmail.com

 

Siga também nossas Redes Sociais:

Instagram: thefloridaconcierge

Twitter: TF_Concierge

Facebook: thefloridaconcierge

Pinterest: thefloridaconcierge

Tumblr: thefloridaconcierge

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Please reload

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now